Em reunião virtual realizada nesta quinta-feira (09/07), a Comissão Especial para Acompanhamento, Fiscalização e Apoio das Ações, Práticas e Programas de Combate à Disseminação da Covid-19 em Petrópolis, instalada na Câmara Municipal, recebeu esclarecimentos da Secretária de Saúde do Município, Fabiola Heck. A Comissão é composta pelos vereadores Maurinho Branco (DEM), Silmar Fortes (PL) Professor Leandro Azevedo (PSD), e mais recentemente passou a contar também com a participação dos vereadores Justino do RX (MDB) e Antônio Brito (Republicanos).

Após uma primeira fase de respostas recebidas, a Comissão encaminhou novos questionamentos para a pasta, pedindo esclarecimentos sobre alguns temas, como o pagamento de insalubridade para os servidores que atuam na linha de frente do combate à pandemia, os critérios adotados para a realização dos testes sorológicos (conhecidos como testes rápidos) e a capacidade de testagem do município.

“Foi uma reunião muito produtiva. A secretária afirmou que o planejamento é de que, até o final de agosto, a expectativa de testagem do Ministério da Saúde que é de 10% da população, deverá ser alcançada, inclusive com a aquisição de mais 50 mil testes rápidos para atendimento à população”, destaca o vereador Maurinho Branco, que preside a comissão. Segundo ele, durante a reunião, a secretária explicou que o município já testou mais de dez mil pessoas.

O grupo pediu ainda informações sobre o atendimento às comunidades mais distantes dos centros urbanos. Segundo ela, a Atenção Básica de Saúde tem feito um levantamento de áreas comunitárias e verificado se os índices de infecção tem atingido níveis mais elevados nesses locais. A Comissão quis ainda detalhes sobre os procedimentos adotados com pacientes contaminados e com aqueles que tiveram contatos com os positivados.

Durante o encontro, Fabiola Heck abordou também a questão do cadastramento de leitos clínicos e de UTI junto ao Ministério da Saúde. O grupo pediu ainda a explicação da secretária sobre a efetiva participação da pasta da saúde na elaboração dos protocolos de retomada das atividades em Petrópolis.

A próxima reunião ficou marcada para o dia 22 de julho, às 12 horas, também por vídeoconferência. A Comissão quer manter a interlocução com a saúde, com uma periodicidade no mínimo quinzenal, para que a mesma possa cumprir fielmente o principal objetivo para o qual foi criada: fiscalizar e dar transparência à população sobre as ações do Governo no combate ao coronavírus em Petrópolis.